Repousa sobre nós uma culpa histórica sobre o trabalho e como o significamos. Castigo e sacrifício são algumas palavras associadas a ele. Outras: disciplina, esforço, seriedade... Com menos ou muito pouca frequência vemos palavras como diversão e alegria associadas àquilo que desenvolvemos para nosso sustento.

Quando se trata de escrever muitas pessoas invocam virtudes associadas ao trabalho... O convite que faço é dar este e mais um passo: pense também como um hobby, um divertimento, algo que se faça para passar o tempo de uma maneira agradável. Sem perder o foco, mas sem exagerar...

Transforme seu ato de escrever em algo divertido. 

 

Por Sandra Veroneze

Capítulo Integrante do livro “365 dicas para escrever criativamente”

Proibida sua reprodução sem autorização da Autora @ Todos os direitos reservados