É clássica a premissa de que para escrever bem é necessário ler bem. Eu concordo. A leitura vai ‘azeitando’ a lida com as palavras. Enriquece vocabulário, amplia o repertório de estruturas frasais, amplifica as possibilidades de desenvolvimento de ideias...

Faça o teste de como funciona para você. Observe como seu raciocínio se desenvolve após a leitura de um livro clássico. Depois tente escrever assim que concluir a leitura de uma matéria de jornal. Também observe como seu argumento se desenvolve após degustar uma poesia...

Houve alguma mudança? Observe as sutilezas desse processo... Com o tempo, dependendo da demanda em escrita que você tiver, poderá regular a inspiração a partir desses textos!

 

Por Sandra Veroneze

Capítulo Integrante do livro “365 dicas para escrever criativamente”

Proibida sua reprodução sem autorização da Autora @ Todos os direitos reservados