Muitas vezes nos disseram, e quase sempre acreditamos, que escrever é um ato solitário. Independente de ser verdade (afinal, cada um tem sua própria verdade), isso não significa, porém, que a vida é ficar entre quatro paredes integralmente ocupado com seus escritos.

Sem vontade de ver alguém? Sem vontade de conversar com alguém? Sugestão: espie um pouco a vida lá fora. Observe as pessoas no ponto de ônibus. Atente para detalhes de como aquela moça ou moço caminha. Que som tem sua rua? Algum cheiro diferente chega de sua janela?

Espiar um pouco a vida lá fora também é elemento de inspiração. 


Por Sandra Veroneze

Capítulo Integrante do livro “365 dicas para escrever criativamente”

Proibida sua reprodução sem autorização da Autora @ Todos os direitos reservados